Kawasaki constrói motocicletas com inteligência artificial

--*--

Se a Kawasaki for bem sucedida, os motociclistas não apenas falarão com suas motocicletas, mas também saberão como se sentem. Os objetivos tecnológicos vieram da Kawasaki Heavy Industries, Ltd. (KHI), que está avançando com planos de desenvolvimento de motocicletas de próxima geração, que apresentarão o que está sendo descrito como uma ‘personalidade que pode crescer junto com o piloto’. 

Inteligência artificial

Para atingir esse objetivo, Kawasaki se refere a várias siglas de tecnologia, como TIC (para Tecnologia da Informação e Comunicação) e AI (Inteligência Artificial). A motocicleta em desenvolvimento usa “mecanismo de geração de emoções e sistema de diálogo em linguagem natural”.

De acordo com o que o piloto disse, Kawasaki assegurou que o sistema de controle da IA ​​seria capaz de capturar a intenção e o estado emocional do piloto. Isso será alcançado através do uso de inteligência artificial, que permite que os humanos se comuniquem com as máquinas, fazendo com que as máquinas tenham sentimentos e tecnologias realistas que podem reconhecer emoções pela voz do falante.

Como a plataforma está sendo desenvolvida?

Esta plataforma técnica está atualmente sendo desenvolvida pela cocoro SB Corp., e permitirá que o motociclista e a motocicleta se comuniquem e ‘compartilhem uma compreensão do objetivo abrirá a porta para um novo mundo de experiências de pilotagem sem precedentes’, de acordo com Kawasaki. 

Esqueça os modos de pilotagem, se o fabricante japonês conseguir, a motocicleta poderá aconselhar o motociclista como aproveitar melhor a moto! Isso será feito acessando o banco de chassi analítico da Kawasaki e executando os dados armazenados em um data center baseado em nuvem ou referenciando a grande quantidade de informações disponíveis na Internet; o sistema poderá oferecer ao motociclista dicas pertinentes para uma melhor experiência de pilotagem, ou retransmitir conselhos relacionados à segurança ou tranquilizadores, conforme a situação. 

Por meio de tecnologia avançada de gerenciamento eletrônico, também é possível ter o sistema atualizando as configurações da máquina com base na experiência, habilidade e estilo de pilotagem do piloto.

Como essa interação repetida contínua entre o motociclista e a motocicleta, Kawasaki acha que a moto desenvolverá uma personalidade única, refletindo as idiossincrasias individuais do motociclista. “Com a confiança mútua estabelecida, o ciclista e a motocicleta poderão melhorar e crescer, oferecendo um novo tipo de diversão”, observa a Kawasaki. 

O impulso tecnológico da Kawasaki vem de uma ideia tão antiga quanto a própria motocicleta do passado. O foco do fabricante é um produto do que está sendo chamado de ‘RIDEOLOGY’, uma crença de que as motocicletas são mais do que ferramentas simples para ir de um lugar para outro; eles devem ser divertidos e gratificantes para o piloto controlar.

Conclusão

Para levar essa ideia ao próximo nível, a Kawasaki considera necessário ter uma IA que possa crescer e ter uma personalidade para oferecer a melhor experiência de pilotagem. Imagine que os motociclistas conversam com suas motos o tempo todo, se a Kawasaki for bem-sucedida, elas definitivamente responderão.

Deixe uma resposta