Conheça as melhores maneiras de comprar uma moto

--*--

Comprar um automóvel nem sempre é algo fácil, depende muito das condições de venda e da situação financeira do comprador. Um carro popular zero no Brasil custa cerca de R$ 40 mil, mesmo pagando à vista com possibilidade de desconto no preço, dificilmente baixaria de R$35 mil.

Parcelar a aquisição do veículo também é um processo complicado, pois dependendo da taxa de juros e da quantidade de parcelas o gasto total pode chegar ao dobro preço ou até mais.

Já uma moto custa em torno de R$ 7 mil, ou seja, quase seis vezes mais barata que um carro novo. Assim, uma moto se torna um meio mais acessível para a maior parte da população brasileira, que recebe menos que dois salários mínimos e meio, segundo dados da Pnadc (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua).

Há vários métodos de se adquirir uma moto que não pese no bolso do comprador. Uma das mais conhecidas é o financiamento, que pode ser com entrada ou sem dependendo da instituição escolhida. Na primeira citada, o dinheiro dado no ato da compra é abatido do valor total, obviamente a quantidade e custo das parcelas tende a ser menor quanto maior for a entrada.

No entanto, às vezes é difícil até mesmo se dispor de 20% ou 30% para pagar de uma só vez. Neste caso, abrir mão da entrada se torna uma escolha adequada. Alguns bancos como Santander e Banco do Brasil oferecem essa opção, mas é preciso se atentar aos juros.

Outro método é o consórcio. A principal vantagem é o fato de não haver juros a serem pagos, porém não é certo que o consumidor irá conseguir a moto no mesmo momento, pois depende do sorteio da carta de crédito, que pode sair no primeiro ou no último mês de contrato.

7 comentários em “Conheça as melhores maneiras de comprar uma moto”

Deixe uma resposta